quinta-feira, 10 de março de 2011

As vidas que vivemos nesta vida.

Acabei de ver um programa na tv sobre um documentário que vai ser exibido na tv a cabo em abril. Gostei demais.
 Falava sobre os bastidores da produção de um documentário de um grupo chamado Diz Croquetes.
As vezes, acontece isso: um programa, um livro, um filme ou uma música transporta a gente no tempo.
Nunca tinha ouvido falar deles, mas sua história vem dos anos 70 e ver o programa me transportou pra lá...pros anos 70.
Me fez chorar assim como chorei quando assisti o filme nacional " O ano em que meus pais sairam de férias".
Acabei de completar 44 anos e fico pensando como a vida da gente vive mudando!
Olho pra atrás, no tempo, e nem acredito quantas vezes minha vida já mudou! É incrivel, justo eu, que detesto mudanças!!!
São varias vidas, numa vida só. Criança em Santo André, adolescente em São Vicente. Trabalho em São Paulo, trabalho em São Vicente. Estar saudável, estar com Câncer , estar saudável de novo... e a vida vai criando novas vidas e a gente nem percebe.
Então, vem um filme, uma música e num passe de mágica, a gente lembra como era antes!
É uma mistura de saudade com orgulho por continuar vivendo.







Um comentário:

  1. A vida...
    Mude hoje...
    Mude agora…
    Mude de caminho...
    Mude de lado...
    Mude sua história...
    Mude sua trajetória...
    Sem medo de ser feliz...

    Mude comece devagar...
    Não desista insista...
    Mude seu pensar sem perder suas idéias...
    Seus sonhos seus amores...

    Mude seu estilo de vida...
    Reinvente seu destino seu caminhar...
    Não se engane... Não tente enganar...
    Ame o outro como a você mesmo...
    Aperfeiçoe seu sentimento seu querer...
    Acredite em você...

    Mude...
    Viva novos amores...
    Troque de carro ande de ônibus...
    Aprecie a liberdade...
    Veja a vida como se fosse a primeira vez...
    Mas siga em frente sem nunca desistir de viver....

    ResponderExcluir